CASA CHANCA

Implantada num vale no cimo de uma rocha, esta casa, anteriormente em ruínas, abre-se completamente para o exterior, estabelecendo uma continuidade espacial entre o campo e a casa.
Conceptualmente, a ruína existente assume-se como uma casca, onde no seu interior nasce um novo volume de Madeira que recebe o programa mais privado.
O grande vão da sala permite ampliar a área para o terraço e trazer luz para dentro de casa e a chaminé existente passa a ser uma entrada de luz para o W.C, fazendo com que todos os espaços internos de uma forma ou de outra tenham uma relação com o exterior.
A opção pelo uso da madeira, desde o teto, às paredes interiores, portas e caixilhos visa contrastar com o frio das paredes existentes em pedra. O piso em betão  e o azulejo manual retratam a identidade típica e  vernacular da casa pré existente.
O desenho de pequenos detalhes, desde o portão, às entradas de luz na chaminé e ao uso da cor verde, visam ir ao encontro da estética de Sintra que reside no nosso imaginário. 

 

LOCALIZAÇÃO Chanca, Mafra, Portugal

OBRA CONCLUÍDA 2015

ÁREA 100m2

ARQUITETURA Manuel Cachão Tojal

FOTOGRAFIA Francisco Nogueira 

PRÉMIO Projeto Selecionado PNAM 2017

© 2020 manueltojalarchitectsstudio