CASA EM SANTA CRUZ

A Casa de Santa Cruz faz parte de um projeto do início dos anos 80 de seis casas geminadas.
Tem a particularidade de ser a casa de gaveto e de se assumir quase como uma casa autónoma o que nos permitiu uma abordagem também mais independente.
A proposta transformou o programa inicial do Cliente, que era praticamente fiel ao original, numa casa, com bastante luz natural, uma maior relação entre os pisos e uma maior relação entre o interior e exterior. 
A Sala passou a ser aberta para a cozinha e com um lavabo de apoio. Criou-se uma escada de “tiro” que para além de ligar todos os pisos, os relaciona também com o exterior. A escada é desenhada como um vazio e assume-se como uma escavação na pré-existência para chegar ao terraço (anteriormente desaproveitado). Desta forma, a escada acaba por se transformar num pátio e os quartos que anteriormente tinham vãos voltados somente para as fachadas passaram a ter uma relação intensa com a luz trazida através da criação deste “pátio”. 
A cobertura anteriormente desaproveitada passou a ser um amplo terraço aberto com relações visuais diretas para a paisagem urbana ao redor. 
A escolha do uso da madeira e do latão foram quase imediatos uma vez que estes materiais estão associados a um ambiente náutico-marítimo. Foi tido em conta uma reinterpreção no uso desses materiais com um desenho delicado e mais contemporâneo. 
No exterior, a intervenção passou por destacar e dividir cromaticamente toda a volumetria da casa entre o programa da habitação e o programa do estacionamento ao nível da rua. Todo o embasamento será assumidamente reconhecível pelo uso de uma materialidade mais pesada, mais robusta. Acima desse soco, flutua um volume privativo, leve e delicado, onde a cor branca domina.


 

LOCALIZAÇÃO Santa Cruz, Portugal

OBRA CONCLUÍDA 2020

ÁREA 120m2

ARQUITETURA Manuel Cachão Tojal

FOTOGRAFIA Francisco Nogueira 

© 2020 manueltojalarchitectsstudio