CASA NA TRAFARIA

A casa está Implantada num lote urbano numa pequena vila  no outro lado do rio Tejo mesmo em frente a Lisboa.
A Trafaria, uma pequena vila piscatória e que outrora foi a primeira colónia balnear do Pais, assiste nos anos 50 a um aumento de construções simples e vernaculares destinadas a férias, esta casa é um desses exemplos.
Desde o inicio do projeto que se procurou uma nova interpretação da casa à luz da vivência contemporânea, mantendo a sua principal função que é proporcionar estadias de férias perfeitas. Desta forma o projeto explora espacialmente todo o interior da antiga casa, conferindo maior amplitude ao espaço e reforçando a relação com o exterior através da abertura de vãos para o jardim.
A casa divide-se assim em 3 tons, um privado (Suite) um semi-privado (Biblioteca) e um social (Sala e cozinha), estando a suite dentro de um volume de madeira, a biblioteca dentro de um ripado de madeira e a sala e cozinha abertas com um pé direito duplo.
Desta forma o volume da biblioteca apoia no volume da suite, suavizando a passagem da suite para o restante interior da casa, através de um ripado de madeira que deixa passar a luz e que permite uma relação visual entre a Sala e a Biblioteca, garantindo sempre a privacidade necessária.
Finalmente a opção pelo uso da madeira, visa contrastar com as paredes existentes, conferindo mais conforto ao interior tendo em conta a amplitude espacial. O piso em betao  e o aproveitamento de alguns materiais e peças, como a antiga pia e mosaico da cozinha e a chaminé, pretendem reforçar a memória e identidade da casa pré existente adaptando à nova configuração espacial.

 

LOCALIZAÇÃO Trafaria, Almada, Portugal

OBRA CONCLUÍDA 2016

ÁREA 190m2

ARQUITETURA Manuel Cachão Tojal

FOTOGRAFIA Francisco Nogueira